Ir para o conteúdo [1]

4 passos para levar a diversidade para a sua empresa

Compartilhe:

Estudo global da Boston Consulting Group (BCG) revela que empresas que se posicionam contra a discriminação LGBT+ e promovem políticas inclusivas possuem, em média, 20% mais de receitas internacionais do que organizações que não têm esse tipo de prática.

“O estudo focou apenas em um grupo da diversidade. Certamente, quando somamos outros marcadores sociais como pessoas com deficiência, negros e religiões, esse impacto tende a ser ainda maior”, avalia Carolina Ignarra, CEO da Talento Incluir.

A diversidade e a inclusão aumentam o potencial da inovação, contribuem para reduzir desigualdades sociais, e são benéficas para os negócios.

“Aprender a olhar para as necessidades reais de cada um dos grupos marcados socialmente, e que compõem a diversidade, significa conceder a eles a sensação de pertencimento ao ambiente de trabalho. Em troca, a empresa tem muitos ganhos, inclusive, aumenta seu potencial para inovar”, complementa.

Segundo a executiva, organizações que têm programas de inclusão sustentável colocam em prática ações que passam por quatro processos essenciais, que são:

1 – Ter apoio top down

As altas lideranças estão engajadas no tema e são preparadas para serem sponsors de grupos de afinidade. Contribuem na criação de políticas e regras para favorecer a contratação de colaboradores que representam os marcadores sociais.

2 – Ter grupos de afinidade

São grupos internos com profissionais voluntários de diversas áreas e de qualquer nível hierárquico. É importante que haja representatividade entre os participantes, além de simpatizantes e apoiadores. Os grupos favorecem a criação de políticas inclusivas e ajudam os demais colegas a se engajarem no tema.

3 – Ter acompanhamento formal e periódico

Para que haja retenção dos colaboradores que representam mulheres, negros, pessoas com deficiência, LGBT+, entre outros – é preciso estabelecer um acompanhamento formal e periódico. Uma sugestão é estabelecer conversas regulares e roteirizadas com gestores e, a partir desse contato, é possível mapear como a cultura inclusiva está se manifestando na empresa.

4 – Promover conscientização constante

Empresas que querem ter uma cultura inclusiva não param de investir e destinam budget anual para que a área de diversidade possa realizar ações para o fortalecimento das práticas.

“Diante desses quatro passos, vale ressaltar que para serem inclusivas, as empresas devem valorizar o talento e a experiência a frente de qualquer outra característica de um profissional”, afirma Carolina.

Com informações de artigo assinado por Carolina Ignarra para a Revista Gestão RH

5 respostas para “4 passos para levar a diversidade para a sua empresa”

    • Olá Madalena! Ficamos felizes com o seu comentário. Nos acompanhe também nas redes sociais para ficar por dentro de outros conteúdos relacionados à equidade de gênero e o desenvolvimento econômico das mulheres.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *