Ir para o conteúdo [1]

Saúde é uma das melhores áreas no mercado de trabalho para mulheres, aponta pesquisa

Compartilhe:

Num mercado de indústrias que inclui fabricantes de medicamentos, aparatos médicos e prestadores de serviços, a área da saúde parece superar outros segmentos em relação à representação feminina, segundo pesquisa encomendada pela Lean In e McKinsey.

Realizada com 33 empresas norte-americanas, a pesquisa mostra que, no cenário de healthcare, as mulheres ocupam mais cargos de gerência executiva nos mais altos níveis, além de reconhecimento mundial por suas realizações na área.

Elas representam o maior número no quesito consumidores e tomadores de decisão, além de serem quase 50% da força de trabalho no mercado de assistência à saúde.

Para verificar como o setor se empenha na igualdade de gênero, foram analisadas experiências com colaboradores, políticas internas e a eficácia dos programas de boas práticas destinados a promover a diversidade e a inclusão. Também foram ouvidos líderes do setor sobre o que é necessário para acelerar as mudanças.

Algumas das razões para se acreditar que o ramo da saúde é um dos melhores para as mulheres atuarem são: elas estão melhor representadas em todos os níveis do que outros setores, são promovidas em porcentagens semelhantes às dos homens, se dizem mais satisfeitas em carreiras similares, avançam mais em funções seniores e conseguem negociar mais quando o assunto é reajuste salarial.

Confira a pesquisa e os resultados na íntegra (em inglês) aqui.