Ir para o conteúdo [1]

Café da Manhã com CEOs discute como acelerar o avanço das mulheres na liderança

Compartilhe:

Dados do Movimento Mulher 360, iniciativa empresarial que conta com 50 empresas associadas e que busca orientar e engajar as empresas em prol do desenvolvimento econômico da mulher, mostram que grandes companhias vêm trabalhando para incentivar a presença feminina em cargos de liderança no ambiente corporativo.

Das empresas associadas ao Movimento, por exemplo, 72% das empresas possuem metas para reduzir adiferença na proporção entre cargos ocupados por homens e mulheres em seus quadros de gerência e de executivos. Outras 75% das empresas possuem uma área ou instância (como um comitê, por exemplo) responsável por garantir a implementação de ações de promoção da equidade de gênero, que é liderada por mulheres.

Apesar dos avanços, em todo o mundo, menos de 5% das grandes empresas são comandadas por mulheres, segundo a lista da Fortune 500. No Brasil, elas também são minoria em cargos de liderança e a diferença salarial entre pares do sexo oposto pode chegar a 23% (ONU Mulheres 2017).

Com o objetivo de dar mais visibilidade ao tema, acelerar o avanço das mulheres nas empresas e engajar a alta liderança das empresas associadas, o Movimento Mulher 360 promoveu mais um “Café da Manhã com CEOs”. A iniciativa foi realizada em 12 de junho, na sede do Citi, em São Paulo, e abordou como as empresas podem acelerar o avanço das mulheres na liderança. Para discutir a questão, 8 CEOs estavam presentes.

“O engajamento da alta liderança empresarial e a participação dos homens nas iniciativas e debates sobre equidade de gênero e empoderamento feminino são fundamentais para oportunizar a remoção das barreiras culturais que impedem as mulheres de atingirem seus potenciais e avançarem para posições de liderança nas empresas”, afirma Margareth Goldenberg, gestora executiva do Movimento Mulher 360.

A 6ª edição do evento contou com a presença da convidada internacional Vandana Juneja, Vice-Presidente Asia-Pacific/Global Growth Markets da Catalyst, que abordou a importância do CEO ativista e estratégias para acelerar o avanço das mulheres na liderança.

A Catalyst é uma organização sem fins-lucrativos liderada por empresas com o objetivo de tornar o ambiente corporativo mais inclusivo para as mulheres. A organização trabalha com pesquisas, ferramentas e soluções para superar as barreiras e acelerar o progresso das profissionais nas empresas.

Durante o debate, mediado pela Adriana Carvalho, Gerente para os Princípios de Empoderamento Econômico da ONU Mulheres, os CEOs compartilharam o que as empresas têm feito para diminuir os desafios que impactam na equidade de gênero na liderança.

Marcelo Marangon, Presidente do Citi Brasil, ressalta a importância de encontros que conscientizem a alta liderança e ofereçam a oportunidade de aprendizado coletivo entre as empresas.

“É uma honra para nós sediar um evento que estimula o debate e conecta empresas e líderes em torno das melhores práticas para acelerar o avanço das mulheres em posições de liderança. Esse é um tema de extrema importância para a sociedade e para o Citi, globalmente. Agradecemos ao Movimento Mulher 360 pela organização do evento e o parabenizamos pelo excelente trabalho que tem feito para a promoção da liderança feminina”, afirma o executivo.

O Café da Manhã com CEOs contou com a participação de 60 convidados. Entre os CEOs presentes no painel estavam: Dimitrius Oliveira (Atento), José Vicente Marino (Avon), Marcelo Marangon (Citi), Gregório Gutierrez (Diageo), Melissa Vogel (Kantar Ibope), Juliana Azevedo (P&G), Lídia Abdalla (Sabin Medicina Diagnóstica), Fernando Serec (Tozzini Freire).