Ir para o conteúdo [1]

Nestlé – Programa favorece o desenvolvimento infantil nos primeiros mil dias de vida

O Programa realiza sessões para que gestantes e recém-mães exponham suas dúvidas, angústias e expectativas sobre essa fase da vida a profissionais especializados. A iniciativa é fortalecida por uma intranet dedicada a essas mulheres e grupos no WhatsApp onde elas se conversam e compartilham suas experiências.

Compartilhe:
Associe-se e tenha acesso ao case completo

Princípio 2: Tratar todos os homens e mulheres de forma justa e sem discriminação no trabalho.

Promover um ambiente não discriminatório, onde homens e mulheres desfrutem de oportunidades iguais de desenvolvimento profissional.

Princípio 3: Garantir a saúde, a segurança e o bem-estar de todos os trabalhadores e as trabalhadoras.

Estabelecer iniciativas que garantam o bem-estar das mulheres, respeitando as diferenças de gênero, para que possam conciliar a vida profissional, familiar e pessoal.

Descrição da prática

O programa Maternidade Compartilhada valoriza os primeiros mil dias de vida para a formação dos indivíduos.

Por meio de sessões para grupos de gestantes e de recém-mães, abre espaço a conversas com médico, psicólogo, nutricionista, profissionais de recursos humanos e educador físico, para compartilhar experiências e abordar temas diversos.

As gestantes e as mães que voltaram da licença-maternidade têm à disposição uma rede de compartilhamento de experiências, dúvidas e impressões por meio do WhatsApp e da intranet.

A empresa, mesmo antes da sanção da Lei de 8 de março de 2016, implementou a licença-paternidade estendida de 5 para 20 dias.