Ir para o conteúdo [1]

Nestlé – Canal de conduta ética protege mulheres e homens de assédios, abusos de poder e discriminações.

Compartilhe:
Associe-se e tenha acesso ao case completo

Nestlé – Um canal de comunicação abre espaço para que funcionários e funcionárias denunciem todo tipo de conduta contrária aos valores da corporação e às leis vigentes, mantendo-os anônimos.

Princípio 3: Garantir a saúde, a segurança e o bem-estar de todos os trabalhadores e trabalhadoras

Para promover um ambiente de harmonia e igualdade, onde homens e mulheres desfrutem de oportunidades e relacionamentos profissionais sadios, a Nestlé criou, há dois anos, um canal de conduta ética, amplamente divulgado nos sites da empresa.

Descrição da prática

A empresa mantém no Brasil, há dois anos, um canal de conduta ética para que todos os seus funcionários possam se comunicar e relatar, anonimamente, fraudes, assédios, maus tratos laborais e violências. A reclamação pode ser feita por e-mail ou telefone.

Com o objetivo de envolver a equipe em todos os níveis, a Nestlé comunica a existência e importância do canal por meio dos sites da corporação, banners e distribuição de flyers.

Uma empresa externa, com sede na Holanda, recebe as queixas e as direciona para a corporação no Brasil, garantindo o anonimato. Para cada caso, há uma investigação específica e a identificação de evidências.

nestle