Ir para o conteúdo [1]

Natura realiza ação para incentivar prevenção do câncer de mama

Compartilhe:

Durante este mês de outubro, a Natura, associada do Movimento Mulher 360, vai realizar uma ação especial na Rede Natura para incentivar a prevenção do câncer de mama. O objetivo é conscientizar as mulheres sobre a importância dos exames e o diagnóstico precoce da doença.

A dinâmica vai ser a seguinte: para cada compra realizada ao longo deste mês, na Rede Natura, utilizando o cupom OUTUBROROSA, a empresa vai doar R$ 1 para a Amigas do Peito, em Fortaleza (CE). A iniciativa é promovida pela Consultora de Beleza Natura Luzanira Vieira, que já passou por um tratamento contra o câncer e hoje é vice-presidente da associação.

O foco da Amigas do Peito é encaminhar mulheres com suspeita de câncer de mama para exames diagnósticos. Para conscientizar a população, o projeto também faz palestras conduzidas por especialistas.

A ação pretende estimular o cuidado com a saúde e a conscientização sobre o tema e também chamar atenção para a prevenção efetiva do câncer de mama. Mais informações no site do Movimento Natura.

  • po_si_ti_vi_da_de_

    Faltou o womanplaining, que é a junção das palavras woman(mulher) + complaining(reclamar), que basicamente resume as reclamações das mulheres no dia a dia em relação aos homens e suas misérias. É um retrato do que os guerreiros de justiça social e o feminismo se tornou nos últimos 5 anos: ao invés de reivindicar direitos e lutar por problemas que fazem sentido como o paygap, educação de adolescentes contra estupro e assédio para TODAS as mulheres, ficam reclamando de problemas simples como esses que afetam apenas partes de mulheres da alta classe média ou em países desenvolvidos. E mais, ainda ficam os importando para o Brasil, para “problematizar/lacrar” aqui também. É hilário!

    • Rê Soares

      faltou o chororo de machinho de ego frágil.

      • po_si_ti_vi_da_de_

        A palavra existe, vcs deviam ter a colocado na lista.

        • Karen Pierezan

          Você entendeu errado, querido. Ninguém falou que essas situações explicadas no texto são mais graves do que as que você citou. No entanto, merecem ser conhecidas e discutidas. Não minimize o problema dos outros só porque não é seu.