Ir para o conteúdo [1]

Forbes divulga lista com as mulheres mais poderosas do mundo

Compartilhe:

Na segunda-feira (06/06), a revista americana Forbes divulgou a nova edição da sua lista de mulheres mais poderosas do mundo. Empreendedoras, CEOs, executivas e cientistas estão entre as colocadas. O Brasil não conta com nenhuma representante na lista de 2016.

Indra Nooyi, CEO da PepsiCo, e Ana Patricia Botín, presidente do Banco Santander estão entre as 20 primeiras colocadas. A chanceler alemã Angela Merkel ficou em 1º lugar, seguida de Hillary Clinton, candidata favorita do Partido Democrata às eleições norte-americanas e Janet Yellen, que comanda o Banco Central americano.

Segundo o Pew Research Center, o número de mulheres que se tornaram líderes globais, de presidentes a chefes de estado, mais do que dobrou em 2015. Para criar o ranking, a Forbes utiliza as métricas de dinheiro, que envolvem patrimônio ou faturamento da empresa; a empresa da mulher na mídia; suas esferas ou influência; e seu impacto, analisado tanto na área em que cada uma está inserida ou fora dela.
A PepsiCo e o Banco Santander são associados do Movimento Mulher 360.

Confira as 20 primeiras colocadas

As 20 mulheres mais poderosas do mundo.

1- Angela Merkel, chanceler alemã
2 – Hillary Clinton, ex-secretária de Estado e provável presidenciável americana
3 – Janet Yellen, presidente da Federal Reserve dos EUA
4- Melinda Gates, co-presidente da Fundação Bill e Melinda Gates
5- Mary Barra, presidente da General Motors
6 – Christine Lagarde, diretora-gerente do Fundo Monetário Internacional (FMI)
7 – Sheryl Sandberg, chefe operacional do Facebook
8 – Susan Wojcicki, executiva-chefe do YouTube
9 – Meg Whitman, executiva-chefe da HP
10 – Ana Patricia Botín, presidente do Banco Santander
11 – Ginni Rometty, CEO da IBM
12 – Park Geun-hye, presidente da Coreia do Sul
13 – Michelle Obama, primeira-dama dos Estados Unidos
14 – Indra Nooyi, Ceo da PepsiCo
15 – Angela Ahrendts, chefe de varejo da Apple
16 – Abigail Johnson, presidente-CEO da Fidelity Investments
17 – Tsai Ing-wen, presidente de Taiwan
18 – Michelle Bachelet, presidente do Chile
19 – Federica Mogherini, Alta Representante da União Europeia (UE) para Política Externa e Segurança
20 – Safra Catz, CEO da Oracle

Com informações da Forbes, EXAME e InfoMoney